Como Participar


Agora que você já conhece os cuidados ao comprar em leilão, veremos como participar desta modalidade de comércio que tanto cresce no Brasil.

A primeira exigência da grande maioria dos leiloeiros é que você tenha sempre em mãos um cheque em branco ou no valor de 20% da arrematação para servir de caução e garantia de que você efetuará o pagamento do bem arrematado.

O não pagamento do bem (lote), caso você tenha arrematado, acarretará no depósito deste cheque para fins de reembolso de despesas administrativas.

Existe uma taxa determinada pelo sindicato dos leiloeiros que obriga o arrematante a pagar, além do valor da arrematação, R$ 150,00 para motos, R$ 300,00 para veículos leves e R$ 500,00 para pesados.

O valor final no caso de um arremate de R$ 10.000,00 para um veículo leve seria:

A --> R$ 10.000,00 - Valor da arrematação
B --> R$      500,00 - Comissão do leiloeiro 5%
C --> R$      300,00 - Taxa administrativa
D --> R$ 10.800,00 - Total a ser pago ao leiloeiro

Não se esqueça que ainda terá gastos com transferência e documentação do bem arrematando, portando é muito importante que você faça estes cálculos antes de efetuar um compra em leilão, pois os leiloeiros não aceitam desistência alegando que você tirou o direito de outra pessoa comprar, e seu cheque será depositado.

Mas não pense que estes valores são absurdos, lembra que falei que "leilão é um negócio lucrativo", pois sim.

No exemplo acima, você estaria comprando um veículo de aproximadamente 14 mil reais na praça, ou seja, você revende este veículo e ganha uma receita  a mais para fazer uma nova compra, tendo esta modalidade como mais uma forma de obter renda.